4 dicas para escolher fornecedores de produtos médicos hospitalares

4 dicas para escolher fornecedores de produtos médicos hospitalares
3 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Uma infraestrutura adequada é essencial para que uma equipe médica possa oferecer seu melhor atendimento. Por isso, a escolha dos fornecedores de produtos médicos hospitalares exige muito cuidado. É indispensável buscar por empresas que ofereçam o melhor custo-benefício em longo prazo.

Uma clínica ou um hospital não podem ficar parados por conta de produtos de má qualidade. Dessa forma, o cuidado na contratação de fornecedores precisa passar por etapas minuciosas. Confira nossas dicas para esse processo a seguir!

1. Verifique os produtos oferecidos e a qualidade na entrega

Um desfibrilador que não seja bem calibrado pode custar a vida de um paciente e gerar desconfiança em todo o processo de atendimento. Assim, avaliar a qualidade dos produtos oferecidos pelo fornecedor é o ponto de partida. As marcas e as certificações seguidas pela empresa são extremamente relevantes no processo de escolha.

A entrega é outro item essencial. De nada adianta ter um monitor de alta qualidade, mas que chega ao hospital com rasuras ou com um mês de atraso. A cobertura territorial do fornecedor é determinante para saber se será de fácil acesso no caso de necessidade. É preciso ter confiança em todo o andamento da compra.

2. Faça uma cotação de preços

Cotar preços não significa buscar meramente o mais barato. A questão é descobrir qual fornecedor tem o melhor produto hospitalar com o valor mais justo. Cabe ao gestor avaliar as necessidades da instituição e estabelecer um orçamento. A partir daí, a busca deve envolver qualidade, atendimento, entrega e também garantia.

Vale considerar ainda a modernidade dos produtos. Um bisturi elétrico é mais caro do que um convencional, mas traz benefícios extras. Um fornecedor capaz de oferecer inovações tecnológicas exige um investimento mais alto, e a cotação ajudará a considerar o custo-benefício da compra. Busque preços competitivos e estabelecimentos dispostos a negociar.

3. Pesquise a reputação e a experiência da empresa

Quando se fala em produtos hospitalares, existem normas nacionais e internacionais que precisam ser levadas em consideração. Por isso, sempre busque informações sobre:

  • a preocupação do fornecedor com padronagens;
  • o conhecimento em normas do tipo ISO;
  • a experiência em manutenções preventiva e corretiva;
  • o tipo de treinamento que é possível oferecer para cada aparelho.

A reputação de um fornecedor perante seus clientes funciona como um importante nivelador de confiança. Fornecedores de alto nível são fundamentais para o bom andamento de uma clínica ou instituição.

4. Avalie o serviço pós-venda e o suporte oferecido

Um equipamento hospitalar precisa de cuidados especializados regularmente. Além da compra em si, é preciso se preocupar também com o suporte técnico adequado. Para isso, é imprescindível considerar empresas que ofereçam serviços de calibragem e regulação, por exemplo. Será uma facilidade importante ter esse tipo de apoio diretamente de quem vendeu o produto e sabe tudo de sua origem e funcionamento.

A busca por fornecedores de produtos médicos hospitalares é determinante para o bom funcionamento de uma equipe médica. A contratação precisa ser cuidadosa para evitar questões futuras e facilitar a manutenção dos equipamentos. Esse processo de escolha representa um investimento em bons resultados.

O que você achou das dicas? O que mais uma boa gestão precisa considerar na busca por um fornecedor? Deixe seu comentário e fale sobre sua experiência!

Você também pode gostar

Deixe um comentário