Como funciona a assistência técnica em equipamentos médicos?

Como funciona a assistência técnica em equipamentos médicos
9 minutos para ler

A saúde é um setor em constante inovação. Novos equipamentos médicos são desenvolvidos e necessitam oferecer precisão em suas medições. A saúde e a segurança dos pacientes dependem dos resultados precisos que esses dispositivos fornecem. Portanto, é uma prioridade dos fabricantes garantir a exatidão e proteger o interesse de seus usuários.

Procurar ajuda de uma assistência técnica em equipamentos médicos é indispensável para prevenir danos à saúde dos pacientes. Quando esses equipamentos não desempenham de maneira correta suas funções, eles podem afetar a saúde, gerando prejuízos graves. Portanto, é fundamental dispor com o trabalho de assistência realizado por pessoas capacitadas, que assumam a sério o serviço concedido.

Neste post, apresentaremos as principais informações sobre a assistência técnica em equipamentos médicos. Confira!

Qual a importância da precisão nos dispositivos médicos?

O sucesso na prestação de cuidados de saúde depende em grande parte dos dispositivos médicos. Portanto, ter uma gestão de equipamentos é uma das áreas mais importantes dentro das instituições de saúde. Essa área requer a participação ativa de profissionais de diferentes disciplinas como: técnica, clínica, financeira, administrativa, entre outras.

A conformidade nos equipamentos usados tem um impacto direto na saúde dos pacientes, e, por esse motivo, seu desempenho e eficiência são julgados pela exatidão e precisão das medições que geram.

Existem muitas razões pelas quais a precisão de um dispositivo pode ser comprometida como:

  • mudanças ambientais;
  • qualidade inferior do produto;
  • defeito de fabricação ou;
  • simplesmente devido ao mau uso.

Os instrumentos podem passar por desgastes ao longo do tempo, e, portanto, demandam a verificação constante de seu desempenho. Para assegurar o interesse dos usuários e afirmar que a saúde e a proteção dos pacientes não fiquem prejudicadas, as organizações produtoras de dispositivos médicos são obrigadas a seguirem padrões duros de qualidade.

Quais os motivos para obter equipamentos médicos de uma empresa com certificação?

Os padrões internacionais de dispositivos médicos são importantes porque exigem que as empresas fornecedoras ofertem equipamentos seguros e confiáveis para as instituições de saúde.

Comprar, alugar ou solicitar assistência técnica em equipamentos médicos de uma empresa com certificação e que tenha uma boa reputação no mercado, são algumas das melhores maneiras de uma instituição beneficiar-se de uma excelente experiência fornecida ao paciente.

A certificação está ligada a maior qualidade de serviço, responsabilidade e facilidade de importação e instalação dos dispositivos. Abaixo estão dois benefícios de obter-se equipamento hospitalar de uma empresa com certificação:

Excelente qualidade de produto e serviço

As empresas de dispositivos com certificação devem ter uma política de qualidade aprovada. Essa política geralmente descreve o compromisso do fornecedor em entregar produtos e serviços da mais alta qualidade.

Melhorias contínuas na experiência do cliente

Oferecer uma excelente experiência ao cliente é o principal objetivo das empresas certificadas. Como profissional de instituição de saúde que compra equipamento cirúrgico de um fornecedor certificado, você pode perceber que ele está continuamente buscando maneiras de entregar os equipamentos com mais eficiência.

Isso acontece por meio do processamento de pedidos cada vez mais rápidos, atrasos mais curtos no recebimento de suporte técnico e melhorias na funcionalidade ou aparência dos produtos.

Como atua a assistência técnica em equipamentos?

Ela é um agrupamento de serviços de suporte técnico que efetua as manutenções nos dispositivos médicos, além de também poder oferecer outros tipos de serviços, como calibração e treinamento operacional dos instrumentos.

Refere-se a uma prestação de serviço fundamental para a instituição de saúde, visto que todos os dispositivos médicos têm necessidade de um cuidado programado, cumprindo as indicações à risca.

Para obter esse tipo de manutenção, é fundamental buscar por fornecedores que realizam assistência técnica apropriada. A ausência de mão de obra qualificada e de insumos de substituição de qualidade implicam o funcionamento dos equipamentos e trazem prejuízos requerendo mais serviços de manutenção.

Por que a manutenção é tão importante?

A tarefa da assistência técnica para a manutenção de equipamentos é significativa para as instituições de saúde, visto que o inapropriado funcionamento dessas tecnologias pode levar a graves consequências.

Além disso, utilizar equipamentos com defeitos pode contribuir para a geração de diagnósticos errados, o que leva a sequelas, lesões e, dependendo do tempo, até a morte.

Muitos setores podem afirmar como os custos da assistência técnica em equipamentos médicos representam uma grande parcela dos custos operacionais da instituição. Os números variam de uma empresa para outra, mas às vezes ainda podem representar até 50% dos custos globais de produção, sem nem mesmo levar em consideração as paradas planejadas ou não planejadas do uso dos dispositivos.

Nem é preciso dizer que a prestação de serviços de saúde de uma organização depende em parte dos processos de manutenção que foram implementados nestes equipamentos; portanto, essas organizações devem adotar uma estratégia bem pensada e otimizada para garantir que todos seus dispositivos médicos funcionem da maneira mais confiável possível.

O objetivo final da manutenção, claro, é reduzir os gastos inúteis da instituição, bem como aumentar a produtividade dos serviços prestados aos pacientes.

Manutenção corretiva

A manutenção corretiva é realizada logo após a detecção de um defeito em um equipamento e seu objetivo é fazer com que ele volte a funcionar normalmente, para que possa cumprir sua função atribuída. A manutenção corretiva pode ser planejada ou não, dependendo da criação ou não de um plano de manutenção.

Manutenção preventiva

Essa revisão é aplicada por equipes de técnicos antes que ocorra qualquer pane ou falha. Seu objetivo é reduzir a probabilidade de avaria ou degradação de um equipamento, componente ou peça. Para implementar essa manutenção, as equipes devem levar em consideração o histórico da peça e acompanhar as falhas anteriores.

Eles são, portanto, capazes de identificar os intervalos de tempo durante os quais um equipamento pode quebrar.

Quais equipamentos necessitam manutenção?

De uma maneira geral, todos os dispositivos médicos necessitam de manutenção, como a calibração periódica que é relevante para a avaliação correta de todos os valores que o aparelho emite.

Da mesma maneira, os equipamentos precisam ser substituídos com periodicidade, pois não é difícil achar dispositivos com peças em má condição, sendo essencial seguir o que preconiza o manual do fabricante.

Além do mais, é um grave erro pensar que os serviços de manutenções só devem ser realizados depois que os equipamentos apresentarem algum tipo de defeito. Isso torna necessária a manutenção corretiva, isto é, a máquina parou de funcionar e precisa ser encaminhada para a assistência, o que pode prejudicar o atendimento ao paciente.

Assim como dito, a manutenção preventiva é primordial para impedir que imprevistos desagradáveis aconteçam no futuro. Desta maneira, devemos programar os serviços de manutenção, por meio de um suporte técnico de confiança e manutenções periódicas para diminuir os prejuízos com a pausa do funcionamento dos dispositivos médicos.

Quanto tempo é necessário para realizar a averiguação nos equipamentos?

O tempo pode diferir de acordo com o tipo de aparelho, assim como a sua periodicidade de utilização. Dispositivos mais simples, podem ser checados em uma hora, enquanto os mais complexos podem requerer até 24 horas de manutenção.

Alguns dispositivos médicos, como os desfibriladores, precisam de revisões, com uma certa frequência, uma vez que estão sendo utilizados frequentemente, sendo que o mau desempenho poderá gerar danos graves aos pacientes. Portanto, realizar uma inspeção programada nos equipamentos é um grande investimento e uma maneira de economizar os recursos financeiros.

Quem presta esse tipo de assistência?

Podem prestar essa assistência empresas e profissionais qualificados e capacitados para realizar esse tipo de manutenção, sendo necessária a apresentação de formações técnicas específicas e treinamentos contínuos.

Também cabe apontar que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabelece normas e regulações que determinam os procedimentos adequados para que a manutenção das máquinas seja feita de maneira correta e segura. É essencial que as empresas atendam as práticas das normas nacionais e internacionais.

Somente o distribuidor autorizado tem ferramentas específicas para fazer o serviço de manutenção. Desse modo, optar por um serviço mais barato que não seja de um distribuidor significa contar com pessoas que não tenham o conhecimento necessário, ferramentas, ou as peças corretas, o que pode acarretar grandes prejuízos para a sua empresa.

Como escolher uma assistência para fazer esse serviço?

Para escolher a melhor assistência para fazer esse tipo de serviço é fundamental procurar saber a história da empresa, analisando qual é o tempo de mercado e experiência com essa prestação de serviço, se ela é idônea e se tem capacitação técnica adequada. Busque instituições que estejam homologadas de acordo com a legislação vigente.

A Dimave é uma distribuidora autorizada de equipamentos médicos, que há mais de 20 anos se fortalece como uma empresa que prestar solução em fornecimento de acessórios para dispositivos médicos, operando nas mais diferentes linhas de monitores cardíacos, cardioversores e desfibriladores.

Uma organização que conta com as ferramentas mais modernas para identificar o problema a ser corrigido. Oferecemos também suporte, assistência e manutenção autorizada com garantia de atendimento realizado por profissionais especializados com experiência comprovada.

É importante buscar dispositivos médicos de qualidade com uma empresa certificada. Então, que tal entrar em contato com a Dimave? Para saber mais informações, confira agora nossas políticas para suporte técnico!

Você também pode gostar

Deixe um comentário