Como encontrar uma distribuidora de equipamentos hospitalares ideal?

Como encontrar uma distribuidora de equipamentos hospitalares ideal
6 minutos para ler

As atividades de um hospital ou clínica médica devem se manter constantes e não podem sofrer paradas contínuas. Para isso, esses estabelecimentos devem ter uma infraestrutura adequada e receber uma boa assistência e o suporte necessário de fornecedores. É aí que entra a importância de saber firmar parcerias como uma distribuidora de equipamentos hospitalares de qualidade.

Por se tratar de máquinas que envolvem altos investimentos, essa exigência se torna ainda mais relevante. É necessário ser criterioso e observar as características e analisar a reputação da empresa no mercado. Esse cuidado evita desordens e o surgimento de obstáculos que podem ocasionar atrasos de atendimento e riscos à saúde de pacientes.

Afinal, como o gestor deve selecionar as melhores empresas? Neste post, você vai conhecer mais detalhes sobre uma distribuidora de equipamentos hospitalares e a diferença entre ela e uma empresa produtora. Também vamos dar dicas de como encontrar uma distribuidora ideal. Acompanhe a leitura e saiba como criar parcerias de sucesso!

O que faz uma distribuidora de equipamentos hospitalares?

Distribuidora é uma empresa que atua no ramo da comercialização de equipamentos hospitalares, suprindo a demanda de hospitais, clínicas e consultórios médicos.

Ela organiza e realiza o fornecimento de produtos, materiais médicos e terapêuticos, instrumentos cirúrgicos e itens descartáveis — é o caso de desfibriladores, monitores, balanças, bisturis elétricos, bombas de infusão, cardioversores, respiradores, ultrassom, oxímetros, eletrocardiógrafos, ventilador pulmonar, cardioversor e vários outros.

Como ela se diferencia da produtora desses equipamentos?

As produtoras são as fabricantes dos equipamentos hospitalares. Trata-se de grandes fábricas que criam, a nível industrial, máquinas destinadas para o uso em hospitais e centros médicos.

Como encontrar a distribuidora de equipamentos hospitalares ideal?

É importante ter cautela ao escolher uma empresa distribuidora de equipamentos hospitalares. Afinal, qualquer descuido pode comprometer a organização do seu estabelecimento médico e trazer prejuízos financeiros, além de impactar a imagem e a reputação da sua empresa perante o mercado.

Pensando nisso, a seguir, os principais requisitos que devem ser observados pelos gestores antes de fechar negócios com as distribuidoras.

Observe a credibilidade no mercado

Atualmente, existe uma maior concorrência dentro desse mercado. É comum que você se sinta confuso no momento de contratar uma distribuidora. Diante desse cenário, a credibilidade da empresa é um forte elemento que ajuda na escolha.

A empresa deve ter uma boa imagem e reputação no mercado de distribuição hospitalar. Afinal, é uma forma de ter a garantia de fechar negócio com uma distribuidora séria, responsável e competente, garantindo que ela prestará todo o suporte necessário para o seu hospital.

É importante considerar o seu tempo de atuação. Geralmente, empresas que exercem suas atividades há muitos anos, costumam ter um bom desempenho, sendo um claro indicativo de solidez no negócio, qualidade no atendimento oferecido, comprometimento com os prazos e confiança nos clientes.

Para isso, você pode pesquisar mais informações sobre a empresa na internet ou perguntar diretamente para os gestores de outros hospitais.

Avalie a relação custo-benefício

Os equipamentos hospitalares apresentam preços elevados, em decorrência da tecnologia utilizada e a qualidade dos materiais com que são fabricados. Por isso, é necessário analisar a relação custo-benefício da máquina antes de decidir pela sua compra.

O primeiro passo é fazer uma pesquisa de mercado e comparar os valores anunciados por cada distribuidora. No entanto, isso não significa levar apenas o preço em consideração. Não foque apenas nos equipamentos mais baratos. Afinal, o barato pode sair caro. Você deve avaliar as características de cada equipamento e encontrar um equilíbrio, analisando se o equipamento é o mais adequado para as necessidades e se encaixa nos objetivos do hospital.

Portanto, a análise do custo-benefício deve considerar alguns elementos específicos, como a qualidade do material empregado, o tipo de tecnologia utilizada, o ano de fabricação, a vida útil estimada, os prováveis gastos com manutenção, a provável durabilidade do equipamento etc. Se achar necessário, peça a ajuda de profissionais para que eles o orientem na escolha.

Analise a qualidade dos equipamentos

A rápida evolução da medicina pressupõe a fabricação de equipamentos cada vez mais modernos e com funcionalidades úteis e relevantes para os pacientes, como é o caso de equipamentos de última geração que são voltados para o diagnóstico de imagens e instrumentos modernos que aperfeiçoam técnicas cirúrgicas.

Por isso, a distribuidora deve estar em constante atualização e fornecer equipamentos de alta qualidade, com o objetivo de satisfazer as necessidades e interesses dos clientes e não ser deixada para trás pela concorrência.

Nesse sentido, você deve ter cuidados especiais, como solicitar demonstração dos equipamentos, pedir mais detalhes técnicos, conhecer a origem e o material utilizado nos equipamentos etc.

Observe o atendimento prestado

Assim que entrar em contato com o fornecedor, comece a observar como é o atendimento fornecido. Veja se os funcionários tratam o cliente com cordialidade, paciência, simpatia e demonstram estarem bem preparados para a função que exercem. Anote o tempo de espera e se a distribuidora tem a capacidade de esclarecer todas as suas dúvidas e transmitir segurança e profissionalismo. Esses são grandes indicativos de como a empresa atua e como trata os clientes.

Verifique a manutenção e suporte

É importante ter a certeza de que há um suporte ágil e que esteja comprometido com a qualidade do atendimento e a satisfação dos clientes. Além disso, verifique se ela atua com um sistema de atendimento pós-venda eficiente, uma vez que a maioria dos produtos hospitalares necessita de calibragem, regulação e manutenções constantes. Sendo assim, você precisará de um bom suporte.

Solicite referências

Entre em contato com hospitais e clínicas médicas e pergunte a experiência de outros clientes com relação à distribuidora que você pretende contratar. Peça referências e pergunte sobre o desempenho da empresa. Desse modo, você consegue ter uma noção maior sobre o comportamento e o perfil da fornecedora, como valores, cumprimento de prazos, possibilidades de negociação, qualidade do atendimento oferecido etc.

A escolha de uma distribuidora de equipamentos hospitalares deve observar alguns requisitos básicos que listamos neste artigo. Tenha o cuidado de pesquisar bastante e somente fazer a escolha depois de ter a certeza de contratar com uma empresa séria e com credibilidade no mercado.

Quer adquirir equipamentos de qualidade e com ótimo custo-benefício? Entre em contato com a Dimave e conheça as nossas soluções!

Você também pode gostar

Deixe um comentário