Eletrocardiógrafo – O que é, e como usar

Eletrocardiógrafo – O que é, e como usar
3 minutos para ler
Powered by Rock Convert

O Eletrocardiógrafo é normalmente usado em pacientes que sofreram danos no coração, estão em risco de doença cardíaca, ou apresentam sintomas que podem ser causados por uma série de problemas relacionados com o coração.

Estas máquinas realizam o eletrocardiograma, método de decalque gráfico (eletrocardiograma; ECG ou ECG) da corrente elétrica gerada pelo músculo cardíaco durante os batimentos cardíacos. O rastreamento é gravado fornecendo informações sobre a condição e o desempenho do coração.

Quer saber como escolher um eletrocardiógrafo? Acesse este post, e descubra maisores informações!

Veremos agora:

Problema de saúde abordado

O eletrocardiógrafo detecta os sinais elétricos associados a atividade cardíaca e produzem o ECG, que é um registro gráfico de tensão em função do tempo.

Eles são usados para diagnosticar e auxiliar no tratamento de alguns tipos de doenças cardíacas e arritmias. Auxiliará qual a terapia medicamentosa é ideal ao paciente revelando tendências ou alterações da função cardíaca.

Os Eletrocardiógrafos multicanais simultâneos estão cada dia sendo mais usados no lugar dos eletrocardiógrafos de 1 canal.

Alguns Eletrocardiógrafos podem realizar medições automáticas e interpretação do ECG como um recurso selecionável ou opcional.

Descrição do Produto

O eletrocardiógrafo consiste na unidade ECG, eletrodos e os cabos. Os que são de 12 derivações possuem diferentes tipos de cabos.

Cada uma das 12 derivações apresentam uma perspectiva diferente da atividade elétrica do coração, produzindo  ECG em que as ondas P, complexo QRS e onda T apresentem ondas com variações de amplitude e polaridade.

O eletrocardiógrafo não interpretativo recebe os sinais elétricos do coração apenas. Já os multicanais  interpretativos adquirem os sinais e internamente analisam os sinais elétricos.

Princípios de operação

Os eletrocardiógrafos registram pequenas tensões de cerca de um milivolt  (MV) que aparecem na pele como resultado da atividade cardíaca.

As diferenças de tensão entre os eletrodos são medidas, sendo que as diferenças correspondem diretamente à atividade elétrica do coração.

Cada uma das 12 derivações apresentam uma perspectiva diferente da atividade elétrica do coração. Produzindo formas de onda de ECG nas quais a onda P, complexo QRS e ondas T variam em amplitude e polaridade.

Passos na operação

Depois do cabo através dos eletrodos serem ligados ao paciente, o usuário irá definir a derivações e se terão aquisição automática ou manual, a sensibilidade do sinal, faixa de frequência e velocidade do gráfico.

Em alguns modelos de eletrocardiógrafo o usuário deverá escolher a grupos de derivações, as sequências e a duração da gravação . Nos equipamentos de 12 canais e 12 derivações, cada sinal, podendo ser gravado por 2,5 segundos.

Para um equipamento de 1 canal geralmente se usa a derivação II e é gravado durante 12 segundos completos

Não deixe de conferir os nossos produtos, equipamentos hospitalares, desfibriladores, cardioversores  e acessórios.

Temos também acessórios para todas as marcas e modelos de monitores multiparâmetro, confira !!

CONFIRA OS ELETROCARDIÓGRAFOS MAIS BARATOS DO MERCADO

Referências:

http://www.who.int/medical_devices/innovation/electrocardiograph.pdf

Você também pode gostar

Deixe um comentário