Locação de Equipamentos Hospitalares

Locação de Equipamentos Hospitalares
11 minutos para ler

Nos últimos cinco anos, o Brasil tem passado por um período de grandes incertezas, tanto no cenário político quanto econômico. Empresas de todos os tipos e de portes variados exibem restrições orçamentárias e cortes de despesas de forma a não inviabilizar as suas operações.

Por isso, muitos hospitais adiam a compra de equipamentos modernos de última geração. Isso faz com que, às vezes, tenham que acreditar em tecnologias obsoletas e até não confiáveis. Eventualmente, será um cenário que pode colocar os pacientes e a própria organização em risco.

Nesse contexto, a locação de equipamentos hospitalares pode ser a solução ideal para muitos hospitais, clínicas e afins. E é exatamente sobre esse tema que trataremos mais adiante. Se você se interessou pela ideia, continue a leitura e saiba como modernizar sua empresa sem gastar muito!

Entenda o que é a locação de equipamentos hospitalares

Quem trabalha na área sabe que comprar aparelhos hospitalares pode ser um investimento bastante alto. Afinal, por serem itens muito específicos e que demandam uma tecnologia especial, acabam sendo muito caros.

Agora, imagine gastar toda essa quantia e ainda arcar com a manutenção e eventual substituição desses aparelhos certamente, é um gasto que a grande maioria dos gestores procura evitar a qualquer custo.

A boa notícia é que existem empresas que trabalham com a locação desses equipamentos. Assim, a entidade hospitalar solicita o maquinário necessário para montar uma nova ala, implementar um serviço ou modernizar suas atividades. Em pouco tempo, recebe tudo no local desejado. É rápido, prático e evita que o gestor precise dispor de recursos essenciais para outras atividades.

Saiba de que maneira contratar esse serviço

Ao comprar um maquinário hospitalar, o gestor precisa pagar à vista, pedir um financiamento ou parcelar a compra diretamente com a empresa. Esse procedimento costuma levar tempo e ainda há o risco de os equipamentos estarem desatualizados quando finalmente forem quitados.

Já o aluguel é um processo muito mais simples! O responsável pelo setor de compras deve entrar em contato com a empresa e pedir um orçamento dos aparelhos necessários. Esse orçamento deve também conter todos os serviços e acessórios, como manutenção, suporte, atualizações e eventuais insumos.

Depois de aprovado o orçamento, a empresa redige um contrato em que são fixados todos os termos do acordo. Esse contrato pode e deve ser revisado pelo setor jurídico da contratante, a fim de sanar qualquer dúvida ou disparidade com os termos da oferta. Feito isso, basta assinar o contrato, aguardar a chegada dos equipamentos e cumprir o combinado.

Geralmente esses contratos são celebrados por tempo determinado, mas nada impede que sejam renovados após o vencimento. Vale observar ainda que eles devem conter cláusulas de responsabilidade sobre o descumprimento ou danos. Afinal, o contrato é um documento particular com validade em âmbito jurídico. Ou seja, se uma demanda judicial ocorrer, ele será a sua proteção.

Fique por dentro de algumas vantagens dessa opção

A busca constante pela excelência no atendimento de seus pacientes faz com que os hospitais tenham que estar na vanguarda em relação às novas tecnologias e novidades do mercado. Para isso, a utilização de aparelhos médicos modernos e com tecnologia de última geração é muito indicada.

Contudo, você não precisa comprar todos eles. Hoje em dia, pode ser bem vantajoso alugar. Leia mais para entender!

Redução de custos e ganho de eficiência

Para que esses investimentos ocorram sem traumas financeiros, a locação de equipamentos hospitalares apresenta-se como a melhor solução. Como os custos envolvidos em uma unidade hospitalar são bastante significativos, alugar permite ter sempre os melhores aparelhos sem gastar demais e sem perder recursos com sua desvalorização. Sem contar que é possível montar um leito de UTI rapidamente, por exemplo, e sem burocracias.

Afinal, quanto maior for o hospital, mais expressivo é o gasto com a manutenção e reposição de máquinas e outros itens indispensáveis para o funcionamento da entidade. Dessa forma, alugar possibilita que a instituição forneça o melhor atendimento ao paciente e ao mesmo tempo economize, mantendo-se capitalizada para seguir com suas obrigações.

Prevenção de transtornos

Os transtornos com a transferência de pacientes e leitos parados por falta de equipamentos que estão em manutenção são problemas que atingem diretamente o faturamento. A boa notícia é que tudo isso pode ser contornado, e uma das melhores opções nesse caso é o aluguel de equipamentos hospitalares.

Ela tem como objetivo principal a redução do ativo imobilizado do hospital, possibilitando o contato com equipamentos de primeira linha, atualizados e com certificado de calibração. É uma operação rápida e desburocratizada, tanto para hospitais privados quanto para hospitais públicos, já que possibilita a posse de equipamentos hospitalares de alto desempenho e de última geração, sem ter que lançar mão de recursos que farão falta em outros setores.

Mais facilidade, flexibilidade e rapidez na contratação

Empresas que passam por crescimento acelerado encontram algumas dificuldades de gerenciamento. Na maioria dos casos, o aluguel de equipamentos hospitalares se traduz em estratégia para vencer este empecilho.

A locação possibilita aos hospitais o crescimento na medida em que as necessidades aparecem, possibilitando a adição de novos serviços durante o período da expansão. Afinal, é muito mais fácil contratar a locação de aparelhos do que comprar os mesmos equipamentos. Sem levar em consideração a redução do risco, da responsabilidade e dos valores envolvidos.

Inexistência de burocracia na contratação

Na maioria das vezes a compra de equipamentos hospitalares de alta tecnologia é precedida do dispêndio antecipado de valores representativos. No caso da utilização de linhas de créditos, além de envolver altas taxas de juros, será necessária a aprovação do crédito, além da vasta documentação que deverá ser apresentada e o tempo até a libração pela instituição bancária.

Por outro lado, a locação permite resposta imediata às novas oportunidades sem burocracias, necessitando apenas de uma documentação mínima para a elaboração do contrato. E uma vez realizada a operação de locação, o hospital fica com crédito integral nas instituições bancárias para utilizá-lo em outros serviços e demandas que se fizerem necessárias. Pode-se conservar o capital, por exemplo, para reinvesti-lo no negócio.

Acesso à assistência técnica inclusa no valor da locação

Todos os equipamentos eletrônicos estão sujeitos a eventuais falhas. No entanto, com a locação dos equipamentos hospitalares, as manutenções preventiva e corretiva já são abrangidas por todo o período do contrato.

A preocupação com técnicos, o controle de peças sobressalentes e os registros das manutenções passam a ser de responsabilidade da contratada. Em algumas modalidades de locação, até mesmo os insumos de uso contínuo, como sensores de SpO2 e manguitos de PNI, no caso de monitores multiparamétricos, estarão inclusos no valor.

Calibragem de equipamentos sem custos adicionais

Os equipamentos já chegam no hospital com as calibrações realizadas e com os certificados inclusos. Todo o processo de calibração é realizado por técnicos altamente capacitados, em analisadores e equipamentos de última geração, rastreados pela Rede Brasileira de Calibração (RBC) e seguindo os parâmetros exigidos.

Acesso a treinamento e suporte constantes

Treinamentos, suporte e outros serviços são componentes importantes na aquisição de equipamentos. No entanto, esses “custos suaves” são alguns dos mais esquecidos durante a fase de tomada de decisão para a aquisição dos aparelhos.

Por outro lado, na locação de equipamentos hospitalares esse suporte pode ser incluso no contrato, de forma que custos não previstos deixam de comprometer o planejamento realizado.

Controle dos custos com tecnologia

Na aquisição de equipamentos hospitalares, pode haver diversos custos ocultos envolvidos. Eles são difíceis de ser avaliados e aplicados, e muitas vezes podem resultar em grandes estragos nas finanças do hospital ou casa de saúde.

Alguns desses valores que merecem destaque são: aquele relacionado ao tempo que o usuário fica parado, aguardando manutenção do equipamento; a compra das peças de reposição; a contratação de empresa de assistência técnica; o gerenciamento de contrato de manutenção; e a aquisição dos insumos dos equipamentos.

Esses são só alguns dos problemas que demandam energia e geram custos elevados para um parque de aparelhos próprios instalados. Já no aluguel de equipamentos hospitalares, a única preocupação que deverá ser contabilizada é sobre valor mensal do contrato.

Acesso regular às atualizações

A depreciação com equipamentos que envolvem tecnologia às vezes é rápida, pois diariamente surgem novas atualizações e versões mais eficientes e modernas. Isso faz com que se tornem obsoletos e acabem gerando riscos para os usuários.

Na locação, os aparelhos são atualizados e substituídos com regularidade, agregando valor ao atendimento prestado pelo hospital. Torna o serviço moderno, frente à necessidade de mudanças constantes.

Gerenciamento adequado de seus ativos

A locação prevê o uso da solução de tecnologia por períodos específicos, que serão acordados previamente. Ao fim do contrato, não havendo mais demanda, os equipamentos serão facilmente devolvidos, sem que você precise se preocupar com a venda de ativos.

Melhora do planejamento do fluxo de caixa

As previsões de fluxos de caixa podem ser mais precisas. Como você não vai precisar se preocupar em separar recursos para eventuais manutenções, é bem mais fácil precisar seus débitos mensais. Afinal, os gestores já terão contabilizado os gastos relativos com o parque instalado de acordo com o contrato, não havendo variações de valores nessa área, que podem ser significativos.

Capital disponível para investir em outros setores

Concretizando a locação, os recursos que seriam destinados à compra dos equipamentos hospitalares poderão ser deslocados para investimentos em outras aplicações. Não existe a necessidade de imobilização de capital em maquinário que rapidamente poderá ficar defasado.

Por mais que alugar seja uma despesa fixa mensal, comprar equipamentos implica em gastar muito dinheiro de uma só vez e ainda arcar com outros tipos de problemas imprevisíveis, como máquinas paradas, substituição de peças e custo com os profissionais de manutenção.

Com o tempo, a situação pode se agravar a ponto de ser necessário comprar tudo novamente. Imagine o prejuízo!

Aumento da margem para empréstimos

Na locação, os equipamentos hospitalares não são classificados como passivo no balanço. Com isso, haverá um acréscimo da capacidade de obtenção de empréstimos no mercado, uma vez que existirá melhor relação entre ativo/passivo.

Facilitação para o trâmite fiscal

Para aquelas empresas optantes pelo regime tributário do Lucro Real, a locação poderá ser contabilizada como despesa operacional, e não como investimento. Dessa forma, existe a possibilidade de total abatimento na base de cálculo do Imposto de Renda. Se você considerar o tamanho do investimento necessário para montar um bom parque de equipamentos, a economia nesse campo acaba sendo bem expressiva.

Como é simples perceber, há muitas vantagens em optar pela locação de equipamentos hospitalares. Quem busca por um modelo de gestão mais moderno e eficiente já entendeu que ter a propriedade dos aparelhos não é tão interessante quanto parece à primeira vista. Na hora de locar, o hospital terá sempre aparelhos atualizados e operantes de maneira menos burocrática e sem precisar gastar uma enorme quantia para investir.

Garantia de disponibilidade imediata dos equipamentos

Com um vasto parque e know-how na locação de equipamentos hospitalares, a Dimave tem capacidade de agrupar vários tipos de aparelhos de diferentes fabricantes em um curto espaço de tempo, entregando-os em todo o Brasil de acordo com a urgência dos clientes.

A Dimave trabalha com equipamentos e acessórios dos maiores fabricantes do mundo. Conta com um amplo estoque à pronta entrega dos principais itens, despachando para todo o território nacional. São desfibriladores externos automáticos, cardioversores, acessórios para todos os modelos de monitores multiparaméticos e muitos outros equipamentos.

Você já conhecia essa opção de locação de equipamentos hospitalares? Ficou interessado em conquistar um melhor custo-benefício para sua entidade de saúde? Então entre em contato com a gente e peça uma proposta agora mesmo!

Você também pode gostar

Deixe um comentário