Tecnologia na Medicina: conheça 5 principais soluções utilizadas

Tecnologia na Medicina conheça 5 principais soluções utilizadas
4 minutos para ler

A área médica sempre se beneficiou dos avanços tecnológicos. No entanto, essa evolução tem ocorrido em uma velocidade muito maior nos últimos anos, favorecendo a obtenção de diagnósticos mais precisos e tratamentos mais eficazes. Além disso, o uso de tecnologia na Medicina também otimiza a rotina dos profissionais e facilita o acesso à saúde pelos pacientes.

Muitas das ferramentas adotadas no dia a dia dos médicos vêm de outras áreas, enquanto outras estão sendo desenvolvidas especificamente para esses profissionais. A seguir, mostraremos 5 aplicações da tecnologia na Medicina. Confira!

1. Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial está cada vez mais próxima das pessoas comuns, deixando de ser apenas “coisa de filme de ficção”. Atualmente, softwares e aplicativos já contam com a ferramenta, oferecendo diversas possibilidades em diferentes setores.

Na área médica, a IA é usada, principalmente, para o processamento de uma grande quantidade de dados. É possível analisar cenários e obter resultados mais precisos em exames e em tratamentos ao compará-los com resultados anteriores, por exemplo. Assim, os profissionais podem optar por tratamentos mais adequados para cada caso.

2. Realidade virtual

Outra ferramenta que já faz parte da vida de algumas pessoas é a realidade virtual, como nos jogos eletrônicos. Essa tecnologia na Medicina é usada para representar um ambiente em que os profissionais possam simular uma situação específica, como no caso de uma cirurgia de risco e muito invasiva. Dessa forma, são diminuídos os riscos, uma vez que o procedimento é treinado diversas vezes fora do ambiente cirúrgico, mas simulando as mesmas condições.

No entanto, as possibilidades não param por aí. A realidade virtual também pode ser usada como meio de tratamento em pacientes psiquiátricos, ou, ainda, nas mais diversas pesquisas e no treinamento dos profissionais.

3. Cirurgia robótica

Já a cirurgia robótica, de fato, reúne diversas tecnologias para aumentar a eficiência dos procedimentos. Podem ser utilizados desde braços mecânicos até grandes dispositivos controlados pelos médicos com o auxílio de um computador.

Esses instrumentos facilitam a visualização das estruturas internas do corpo humano, contribuindo para que o profissional tenha um melhor entendimento da situação. Ou seja, os riscos são reduzidos, com um menor impacto nos pacientes, que tem maiores chances de sobrevivência e de rápida recuperação.

4. Impressão 3D

A indústria, de modo geral, utiliza a impressão 3D há um tempo. Mas, recentemente, tem-se utilizado essa tecnologia na Medicina para a construção de modelos de órgãos e outras estruturas. Eles servem para o aprendizado dos estudantes e o treino de profissionais antes de procedimentos.

Algumas pesquisas estão testando a impressão 3D de estruturas e tecidos para serem utilizados para a substituição em humanos. Acredita-se que, em breve, órgãos inteiros poderão ser impressos, reduzindo as filas de espera por transplantes e aumentando as chances de sucesso dos procedimentos, com uma menor taxa de rejeição dos novos órgãos.

5. Plataformas de telemedicina

Por fim, a telemedicina é uma das tecnologias mais usadas atualmente na área da saúde. Essas ferramentas, na verdade, consistem em um conjunto de soluções de tecnologia de telecomunicação e da informação.

A telemedicina já vinha crescendo de modo geral, mas ganhou mais espaço depois da liberação para o atendimento médico remoto após a pandemia do coronavírus. Se, antes, ela tinha aplicação restrita à área diagnóstica e de treinamentos médicos, agora, os pacientes podem receber consultas em suas casas.

A expectativa é de que essas inovações se desenvolvam ainda mais nos próximos anos. Por isso, é fundamental que os profissionais e gestores de saúde busquem informações sobre a tecnologia na Medicina e acompanhem as principais transformações no setor. Afinal, essa é uma forma de aumentar a eficiência no diagnóstico e no tratamento de doenças e ampliar as fronteiras da área médica.

Gostou de conhecer as principais tecnologias na área médica? Então, compartilhe o artigo nas redes sociais para que os seus colegas também possam se informar!

Você também pode gostar

Deixe um comentário